Image and video hosting by TinyPic

Visite-nos também no 

Rota da Vinha e do Vinho - Dois Portos (Torres Vedras)

06-10-2012 09:00

A Rota do Vinho e da Vinha é um percurso circular com uma extensão total de 15 Km denominado de Pequena Rota (PR).

Este percurso localiza-se no concelho de Torres Vedras e percorre na íntegra, uma das suas 20 freguesias, a de Dois Portos, Afamada pelas suas quintas e adegas, esta freguesia, segundo muitos especialistas, reflecte o que de melhor vinho se produz no concelho.

E num inspirar profundo comecemos o percurso.

O percurso inicia-se junto da Adega Cooperativa de Dois Portos, passando de seguida por uma referência da história da freguesia e do concelho, a localidade de Ribaldeira. Situada a escassos quilómetros da cidade de Torres Vedras, foi Cabeça de Julgado no reinado de D. João I (entre 1383 e 1421) e desde o Séc. XVIII Sede de Câmara Municipal, tendo sido extinta em 1855.

Daqui partimos em direcção à localidade de Caixaria, e num momento de circular de 360º grau, podemos apreciar a beleza e o encanto de um “viver rural”. Pungente nos verdes de Primavera e serena nos dourados de Outono, a beleza desta paisagem concerta com os aromas que da terra nascem.

A caminho do Casal da conceição, passando pelo dos Bacelos, esta é uma viagem marcada por cores, cheiros, e onde o encontro com a natureza convida aos prazeres de andar a pé.

Seguindo caminhos, deparamo-nos com uma magnífica edificação do século XV. A construção da Quinta do Hespanhol partiu da iniciativa de Felippo Pallastrelli. Rodeada por casarios, representa uma casa senhorial, envolta por arvoredos, matas seculares e agradáveis jardins, contando já com seis séculos de história.

No trilho traçado encontramos mais um ponto mediático.

Atravessado pela ribeira que lhe dá nome, Ribeira de Maria Afonso é um núcleo urbano, que fez chegar até aos nossos dias um “recanto” com carácter de casario e de uma atmosfera rústica, preservado pelas povoações de concelho.

Reportemo-nos agora ao vinho. Tintos ou brancos, produzidos ainda artesanalmente, o vinho é o anfitrião. Casais, Quintas e Adegas transformam as lides da vinha numa oferta turística de crescente procura. E porque o vinho à festa convida, logo no início da vindima, na segunda semana de Setembro, Dois Portos brinda em Honra de Nossa Senhora dos Anjos.

O percurso leva-nos ainda a percorrer a Bulegueira, Murteira e Casal de S. Pedro. E já no cortar da meta, é incontornável a passagem pela Estação Vitivinícola Nacional e pela Adega Cooperativa de Dois Portos.

Importante é também a passagem por aquela que em tempos, servia de canal de transporte de mercadorias e bens. A Linha de Ferro do Oeste reflecte o valioso contributo, para o que é actualmente desenvolvido desta mesma região.

O percurso tem o seu final no ponto onde se deu o seu início, em Dois Portos, junto à Adega Cooperativa.

No final deste percurso e para repor as energias, fica ainda a sugestão de apreciar o vinho e a gastronomia produzidos por terras da região.

“No vinho estão a aurora e o crepúsculo, a juventude e a transitoriedade. No vinho está o movimento pendular do tempo. No vinho espelha-se a vida.” Roland Betsch

Se vier de Sul Ponte Vasco da Gama ou Ponte 25 DE Abril seguir em frente para apanhar a Auto Estrada do Atlântico A 8 Lisboa  Torres vedras ,Sair na saída 6 Sobral , Enxara , Pero Negro. Depois das portagens vire à Esquerda Para N 9-2 ( Sobral , Pero Negro) Não vire para Pero Negro siga até à Rotunda 2ª saída siga em direção a Dois Portos Pelas EN 374 e depois pela EN 248 até DOIS PORTOS.

Estacionamento entre Adega cooperativa e Linha do comboio, junto à Estação da CP.

 

 

 

Adega Cooperativa de Dois Portos

Quinta do Hespanhol

 

    INFORMAÇÕES UTEIS    

    Alojamento    

Hotel Império Jardim

Torres Vedras

Pensão Resid. S. Pedro

Torres Vedras

Pensão Resid. Moderna

Torres Vedras

Pensão Resid. Os Arcos

Torres Vedras

    Restaurantes    

O Labrego \ Feliteira

O Leitão \ Dois Portos

Trás da'Orelha \ Catefica

O Moinho \ Paúl

O Lampião \ Turcifal

Manadinhas \ Torres Vedras

 

 

Pequena Rota Circular.

Concelho de Torres Vedras, freguesia de Dois Portos.

Ribaldeira, Caixaria, Casal da Conceição, Quinta do Hespanhol, Ribeira de Maria Afonso, Bulegueira, Murteira e Casal de S. Pedro, Estação Vitivinícola Nacional e  Adega Cooperativa de Dois Portos.

15 km

Desníveis Acumulados: 410 metros

Altitude: máx.:213m (Km 12 – Casal de S. Pedro – min.: 65m

 5h 

 

Média

Junto da Adega Cooperativa de Dois Portos

Concentração às 8:30 partida às 9:00h

39º 02' 27.40" N   9º 11' 05.36" W

03 de Outubro de 2012

O valor a pagar será apurado no dia do evento, de acordo com o número de inscritos e inclui o seguro de acidentes pessoais, reforço alimentar e despesas de apoio logístico, prevendo-se que não ultrapasse 5 euros.

Por razões de organização e segurança, os participantes devem respeitar as indicações e orientações transmitidas pelo guia e demais colaboradores do CIMO.

Cada um deve levar um pequeno estojo pessoal de material de 1ºs socorros, bem como medicamentos que esteja a tomar regularmente.

Levar roupa, agasalhos, boné ou chapéu, e calçado feito ao pé, preferencialmente botas, de acordo com as condições climatéricas.

Transportar água (aconselha-se cerca de 1,5 litros por pessoa / dia) e alimentos para consumo individual.