Image and video hosting by TinyPic

Visite-nos também no 

Aventura no Sado

16-06-2012 09:00

Mais uma vez a Marinha na entidade do CEFA e o CIMO se encontram para a realização de um evento no mínimo inovador. Juntar o desporto de canoagem com a vertente de pedestrianismo.

É com imenso prazer que nós nos juntamos a este tipo de iniciativas que só por si valorizam o desporto e a actividade física. Irá ser um fim-de-semana para as pessoas alternarem entre estes dois desportos completamente dispare.

Na coluna da direita irá ver todos os detalhes da caminhada, mais abaixo na esquerda todos os pormenores da canoagem.

O rio Sado (antigamente chamado Sádão), nasce a sudoeste de Ourique, na serra da Vigia, a 230 metros de altitude, percorrendo 180 quilómetros até desaguar no oceano Atlântico, defronte Setúbal.

É um dos poucos rios da Europa que corre de Sul para Norte, pelo que no início toma este rumo, mas após Santa Margarida do Sado forma uma curva convexa voltada para nascente e que o encaminha ligeiramente para noroeste.

Sem perder o estatuto de rio, por vezes é designado de Ribeira, como na canção que fala das suas meninas.

A planície do vale do Sado caracteriza-se por ligeiras ondulações. O cultivo das terras concentra-se nas várzeas fertilíssimas, sendo na sua maioria cerealicultura de regadio, nomeadamente arroz e milho. Nas encostas verifica-se a existência de montados de sobreiro e azinheira, alternados por vezes por extensas áreas de pinheiro manso.

Ao longo das margens do rio e seus afluentes, nascem espontaneamente freixos, salgueiros e os ornamentais loendreiros. 

Aconselhamos a leitura do restante artigo, é só clicar

Prevê-se a possibilidade de continuar a aventura da canoagem também no domingo, entre Vale de Guiso e Alcácer do Sal, pelo que os interessados deverão fazer a respetiva inscrição. A pernoita será em Rio de Moinhos, podendo dormir sem encargos adicionais, na escola ou em tenda no exterior ( o material necessário é da responsabilidade dos interessados ). O jantar de sábado e o almoço de domingo, podem ser encomendados, mediante inscrição prévia, pagando cada um o valor que for acordado com o restaurante.

 

 

O CIMO está filiado na Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal

http://www.fcmportugal.com

Horário de atendimento:

A FCMP está aberta ao Público de 2ª a 6ª Feira, das 10:00 às 17:30 horas.

Morada: Av.Coronel Eduardo Galhardo, 24 D

1199-007 Lisboa Portugal

Tel.: 218 126 890/1   Fax: 218 126 918

 

Começo em Rio de Moinhos, o desafio será desenvolvido até Vale do Guiso. com zonas amplas de água, alternando com cursos do rio mais estreitos e dificultados pela exuberante vegetação

Rio de Moinhos 

38º 12´56,62N

8º 19´34,83W 

Cada canoa pode levar 3 remadores, exigindo-se que saibam nadar. As canoas e coletes salva-vidas serão fornecidos pela Câmara Municipal

18 km.

Partida: 09:00h

Concentração - 8H30 - Rio de Moinhos

Partida - 9H00; 

Navegação

  Chegada - Vale de Guiso

Regresso a Rio de Moinhos na carrinha do CIMO.

14 de Junho  – 5ª feira

 

Linear com inicio em Santa Margarida do Sado, acompanhando a Ribeira do Sado até Rio de Moinhos,  onde se podem apreciar as extensas áreas de montado e pastoreio, bem como os vastos arrozais. Boa oportunidade para a observação de pássaros e aves das terras húmidas. 

Santa Margarida do Sado 

38º 06´43,27N  

8º 21´25,71W 

Santa Margarida do Sado ; arroz; flora; avifauna da charneca; aves do rio; mamíferos ; réptéis; peixes

Caminho com poucos desníveis, sendo quase plano, talvez no total não exceda os 30 metros globais de desnível.
O piso é de terra, nalguns troços com presença de areia, caminhando-se por estradão ou por trilhos mais estreitos junto ao rio ou zonas húmidas.

16 km.

Concentração: 08:30h

Partida: 09:00h

Duração cerca de 4 horas.

 

 3 (escala de 0 a 5)

Partida em Santa Margarida do Sado (Café junto à ponte).

Chegada em Rio de Moinhos (escola)

O transporte de regresso aos pontos de partida, será feito na carrinha do CIMO, começando pelos condutores das viaturas

14 de Junho  – 5ª feira

O valor a pagar será apurado no dia do evento, de acordo com o número de inscritos e inclui o seguro de acidentes pessoais, reforço alimentar e despesas de apoio logístico, prevendo-se que não ultrapasse 5 euros.

Por razões de organização e segurança, os participantes devem respeitar as indicações e orientações transmitidas pelo guia e demais colaboradores do CIMO.

Cada um deve levar um pequeno estojo pessoal de material de 1ºs socorros, bem como medicamentos que esteja a tomar regularmente.

Levar roupa, agasalhos, boné ou chapéu, e calçado feito ao pé, preferencialmente botas, de acordo com as condições climatéricas.

Transportar água (aconselha-se cerca de 1,5 litros por pessoa / dia) e alimentos para consumo individual.