Image and video hosting by TinyPic

Visite-nos também no 

Dia 27 - A volta dos Capuchos

Saindo dos Capuchos e Funchalinho, entra-se na ribeira de Pêra por entre campos de cultivo de regadio e zonas de pastoreio. Suavemente chegamos ao Lazarim e de seguida entramos num espaço de mata densa e frondosa onde reina o silêncio, interrompido pelo chilrear dos pássaros. De repente estamos no alto da falésia, onde em sucessivos miradouros deixamos o nosso olhar avançar até à linha do horizonte, apreciando o extenso oceano e praias, desde a Serra de Sintra até ao Cabo Espichel.

 

O Convento dos Capuchos, considerado como um dos mais belos e românticos monumentos de Almada fica situado no lugar de Outeiro do Funchal, na Costa da Caparica. O complexo foi edificado em 1558 por Lourenço Pires de Távora, 4° Senhor da Casa e Morgado da Caparica. Apresenta uma construção modesta, mas de bastante elegância. Muito abalado com a força destruidora do terramoto de 1 de Novembro de 1755, o convento ficou quase completamente destruído, restando somente a sua parte frontal. Ainda assim, é possível recordar o seu aspecto primitivo. Na fachada havia um triplo pórtico de colunas simples com arco ao centro e grades de ferro, formando a galilé, que dava acesso ao corpo da capela. À direita e à esquerda da janela maior, sobre o pórtico central viam-se emoldurados, respectivamente, o símbolo da Ordem de São Francisco e, em escudo ovalado, as armas dos Távoras.

 

Outra edificação que se realça neste monumento é a capelinha dedicada a Santo António, cujo tecto abobadado é todo concheado, trabalho de grande cunho artístico. Este monumento almadense, votado ao abandono durante dois séculos, foi por fim adquirido pela câmara em 1950. A reabertura da igreja do convento, no dia 18 de Outubro de 1952, acabou por simbolizar, embora um pouco tardiamente, o reconhecimento ao mérito do seu fundador, Lourenço Pires de Távora, militar e diplomata eminente.


O Convento dos Capuchos tem funcionado como local privilegiado para a realização de importantes eventos culturais, com destaque para o Festival Internacional de Música dos Capuchos. Com o intuito de preservar e reforçar a importância deste monumento e pólo cultural de enorme valor, o Convento dos Capuchos funcionará como a futura Casa da Música, constituindo um espaço único para as atividades musicais.


São ainda de mencionar os seus belos e cuidados jardins, assim como o miradouro do qual se tem uma vista privilegiada da Costa de Caparica, Lisboa, Serra de Sintra, o Cabo Espichel, a Torre de São Julião, o Bugio e a Baía de Cascais.
 

Concentração: 8H30 – Em frente à Igreja dos Capuchos

Inicio da atividade: 9H00 | Fim previsto: 12H30

Grau de dificuldade: 3 (escala de 0 a 5). Desníveis pouco acentuados.

Distância: 10,5km (percurso circular)

Nota: A atividade é gratuita, está inserida no programa Almada Mexe Comigo e a inscrição é obrigatória para efeito de seguro de acidentes. Inscrição até 25 de Julho.

Observações

- Por razões de organização e segurança, os participantes devem respeitar as indicações e orientações transmitidas pelo guia e demais colaboradores do CIMO;

- Cada um deve levar um pequeno estojo pessoal de material de primeiros socorros, bem como medicamentos que esteja a tomar regularmente;

- Levar roupa, boné ou chapéu, agasalhos e calçado, de acordo com as condições climatéricas;

- Transportar água (aconselha-se cerca de 1,5 litros por pessoa) e alimentos para consumo individual.