Image and video hosting by TinyPic

Visite-nos também no 

2014-06-01 Lousal, nas entranhas da terra

 

  O ponto de encontro, para quem se deslocar no autocarro, será no estacionamento do Centro Sul, às 6h30 minutos com partida às 6h45  

Venha ver uma típica aldeia mineira. Passear na “corta” e nas suas lagoas, conhecer a ribeira de Corona, explorar os recantos desta arqueologia industrial, ouvir histórias do passado. De seguida, venha percorrer os campos alentejanos cobertos de sobreiros, pontilhados de explorações agrícolas e casas típicas, e descobrir monumentos megalíticos. Faça uma pausa numa lagoa e observe cegonhas, garças, patos e, com sorte, aves de rapina.

Percurso: circular, +-15km, +-5h00

Ponto de encontro: Aldeia Mineira do Lousal, Grândola. Em frente ao restaurante Armazém Central

Hora de encontro: 8h30 (a actividade começa às 9h00)

Como chegar: No IC1, sair na direcção Lousal/Museu Mineiro/Arqueologia Industrial; Dirigir-se ao centro da aldeia.

Coordenadas: 38º02’09.05’’N | 8º25’34.44’’O – 38.035850º lat. | -8.426230º long.

Restaurante o Cruzamento, depois de uma bela caminhada nada como uma restauradora refeição, por apenas 10€ por pessoa, inscreva-se por mail para cimoiberico@gmail.com até ao dia 31 de Maio de 2014

Estrada Nacional 120 2 
7570-124 GRÂNDOLA 
Grândola e Santa Margarida da Serra )

http://ocruzamento.com/pt

Mina do Lousal (ou Louzal) e a respectiva aldeia mineira correspondem a um antigo couto mineiro explorado desde o final do século XIX. Localiza-se na freguesia de Azinheira dos Barros e São Mamede do Sádão, concelho de Grândoladistrito de Setúbal,Portugal.

A mina tinha ligação, desde 1915, ao designado Ramal do Sado, actual Linha do Sul.

Lousal, a terra que ainda depende das minas... Fechadas

Fernando Pessoa descreveu as minas do Lousal na década de 1930 como "um pequeno oásis na vasta planície alentejana" e, mais de 50 anos depois, o local integra o roteiro turístico de minas e pontos geológicos de interesse.